quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Sem reflexão não há solução (em construção)

Antes de começar, é preciso lembrar. A mídia é super importante para a vida em grupo. Comunicação entre os seres é essencial. Liberdade de expressão é uma garantia básica para assegurar os direitos de minorias e de excluídos e para a democracia. 

Sem reflexão não há solução. O blog  desviou um pouco do foco por acreditarmos na péssima influência da mídia na vida individual e coletiva dos seres humanos. Quaisquer mensagens repetidas muitas vezes, ou emocionadas num momento especial, podem sensibilizar as pessoas. Podem passar de algum modo a serem verdades. Logo, nesse processo, tornam-se crenças. Cada uma dessas existe com um grau de convicção. Assim, o efeito das crenças varia conforme a convicção. Então, pela ação repetida, emocional ou reflexiva podem ter seus efeitos aumentados ou diminuídos. Desse modo, a bola de neve pode continuar, ou não, a rolar cada vez maior montanha abaixo. 

Como sempre, crenças criam experiências e mostram mais evidências. Isso faz aquela pessoa, por exemplo: 

a) querer usar uma calça do tamanho da/o modelo para se sentir melhor - ser feliz (-> acredita isso ser evidente - uma verdade inquestionável);

b) ou querer sempre ser jovem e resistir a envelhecer para se sentir melhor - ser feliz (-> acredita isso ser evidente - uma verdade inquestionável)

c) ou querer um parceiro para a vida segundo padrões televisionados

d) ou querer renegar onde se está por insatisfação da situação atual (logo, não vive o momento presente - quer sempre algo mais), pois assim pensa que vai se sentir melhor e dessa forma vai criar um futuro de sucesso; 

e) ou querer fazer algo ou ter algo apenas para ser sentir querida ou ter status social. 

O Problema de uma pessoa estar presa a qualquer um desses ou de qualquer um dos muitos outros dramas, é que a pessoa não reflete num todo abrangente e abundante - continua a pensar somente em si e no seu drama. E assim ela continua presa (logo, sem amor, sem gratidão e sem encantamento pela vida), não há contato gentil com os outros e os problemas individuais e coletivas continuam sem solução. 

Aqui não é espaço para falar de mídia. Nosso foco é desenvolvimento humano -  a nossa missão é equilibrar a Vida que funciona com a vida que importa. Há outros locais mais adequados para o debate sobre a mídia, até porque o autor morou os últimos 4 anos na Alemanha  e não entende muito sobre o assunto. Assim, a dica é se informar em locais sérios como os citados abaixo:
http://www.observatoriodaimprensa.com.br ou http://twitter.com/#!/observatorio 
http://www.luisnassif.com.br ou http://twitter.com/#!/luisnassif

Nenhum comentário:

Contador de Leitura das Páginas - Counter All Hits (desde 31/06/2006)

Contador de Visitantes (de_18/08/2009_até_hoje)

Localização dos Visitantes (de_28/04/2010_até hoje)

Localização dos Visitantes do Antigo Blog (de 21 Agosto 2009 até hoje)