Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

Encontros de amor

Ao falar de amor no blog, lembrei desses dois filmes.

O primeiro encontro - Before sunrise - Antes do amanhecer





O segundo encontro - Before Sunset - Antes do Pôr-do-Sol





"The title itself, Before Sunset differs from Before Sunrise. During the day we are awake experiencing realism. During the night we experience our dreams and the magic. There is a certain intrigue in between the sun's slumber and it's rise - in that it continues long before we stop to exist. The love is as eternal in the mind and in the heart, as it ever will be in the physical sense. The first movie was a dream the second movie was a reality. The Waltz is the only thing that connects"





Let me sing you a waltz 
Out of nowhere, out of my thoughts 
Let me sing you a waltz 
About this one night stand 


You were for me that night 
Everything I always dreamt of in life 
But now you're gone 
You are far gone 
All the way to your island of rain 


It was for you just a one night thing 
But you were much more to me 
Just s…

A vida secreta das palavras

Imagem
Um encontro, afeto, amor e os efeitos da estupidez humana.


Não sei e nem devo falar mais sobre esse filme. Assista! 
Uma segunda chance é possível,  ainda podemos.





Como esquecer

Imagem
O amor é uma agonia
Vem de noite, vai de dia
É uma alegria
E de repente
Uma vontade de chorar




Hoje no debate a diretora do filme COMO ESQUECER fez uma pergunta interessante.


O que é NÃO-AMAR?
Como é NÃO-AMAR?


Essa lógica é importante. Pois assim podemos, também, pela inversão da resposta ver, sentir e refletir: 



O que é AMAR? Como é AMAR?
Mas aí um dilema aparece. Qual a diferença na prática que o encontro de tais respostas fará. Como isso vai contribuir ou não para a vida?


Viver, Sentir, ocorre no presente, no aqui e agora. Não há uma mente pensante ou raciocínio funcionando. Caso, isso apareça, não se está sentindo. Isso é idealismo. É um mundo dos sonhos dos pensamentos. Não se está em contato com o corpo, com a vida, com o ambiente.


Oswaldo Montenegro

Imagem
Para ouvir boa musica: http://www.oswaldomontenegro.com.br/player/index.html

Na quinta passada, eu assisti ao filme do Oswaldo e amei. Depois houve uma palestra com ele. Noite super especial. Sou muito fã dele.
O Oswaldo fala sobre colocar a impressão digital em tudo o que se faz. E ao fazer isso, o trabalho, a arte se tornam únicos. Logo, também não será possível ter unanimidade. Terá gente que irá não gostar e outros que vão se apaixonar.  Esse processo é natural, faz parte da vida e da arte.


Conheça um pouco dele por ele mesmo.



Luís de Camões e o Amor

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor,
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo amor?

Amor e Seu Tempo - Carlos Drummond de Andrade

Amor é privilégio de maduros
Estendidos na mais estreita cama,
Que se torna a mais larga e mais relvosa,
Roçando, em cada poro, o céu do corpo. É isto, amor: o ganho não previsto,
O prêmio subterrâneo e coruscante,
Leitura de relâmpago cifrado,
Que, decifrado, nada mais existe Valendo a pena e o preço do terrestre,
Salvo o minuto de ouro no relógio
Minúsculo, vibrando no crepúsculo. Amor é o que se aprende no limite,
Depois de se arquivar toda a ciência Herdada, ouvida. amor começa tarde.

Mario Quintana

POEMINHA SENTIMENTAL

O meu amor, o meu amor, Maria
É como um fio telegráfico da estrada
Aonde vêm pousar as andorinhas...
De vez em quando chega uma
E canta
(Não sei se as andorinhas cantam, mas vá lá!)
Canta e vai-se embora
Outra, nem isso,
Mal chega, vai-se embora.
A última que passou
Limitou-se a fazer cocô
No meu pobre fio de vida!
No entanto, Maria, o meu amor é sempre o mesmo:
As andorinhas é que mudam.

O que é coaching

A origem da ideia básica de Coaching surgiu com o treinador de tênis, o Timothy Gallwey, ao escrever, em 1974, o livro: O jogo interior do tênis. Ele descreve, “Coaching é uma relação de parceria que revela/liberta o potencial das pessoas de uma forma a maximizar o desempenho delas. É ajudá-las a aprender ao invés de ensinar algo a elas...” O significado da palavra Coach designa o papel de professor, treinador, mentor, preparador, “o técnico” entre outros, portanto se convencionou adotar o nome de Coach. Logo, segundo Araújo, “O Coach é um papel que você assume quando se compromete a apoiar alguém a atingir um determinado resultado” (Pag 25) “Coaching não significa comprometer-se apenas com os resultados, mas com a pessoa como um todo, com a sua realização e o seu desenvolvimento. Por meio do processo de coaching novas possibilidades de aprendizagem surgem... [ ] Não estou falando só de competências técnicas ou capacidades específicas... [ ]  Coaching é mais do que treinamento, o coach p…

Sem reflexão não há solução (em construção)

Antes de começar, é preciso lembrar. A mídia é super importante para a vida em grupo. Comunicação entre os seres é essencial. Liberdade de expressão é uma garantia básica para assegurar os direitos de minorias e de excluídos e para a democracia. 
Sem reflexão não há solução. O blog desviou um pouco do foco por acreditarmos na péssima influência da mídia na vida individual e coletiva dos seres humanos. Quaisquer mensagens repetidas muitas vezes, ou emocionadas num momento especial, podem sensibilizar as pessoas. Podem passar de algum modo a serem verdades. Logo, nesse processo, tornam-se crenças. Cada uma dessas existe com um grau de convicção. Assim, o efeito das crenças varia conforme a convicção. Então, pela ação repetida, emocional ou reflexiva podem ter seus efeitos aumentados ou diminuídos. Desse modo, a bola de neve pode continuar, ou não, a rolar cada vez maior montanha abaixo. 
Como sempre, crenças criam experiências e mostram mais evidências. Isso faz aquela pessoa, por exemplo…

O Mistério de 'Las Ninas' de D.Velasquez

Imagem
Um dia, vou completar essa postagem sobre as idéias de Foucault...

"Confesso que este quadro de D.Velasquez sempre me surpreendeu (e não apenas a mim) pelo efeito de surpresa que o mesmo apresenta aos olhos de quem o vê. De facto, a estrutura espacial e o posicionamento das figuras é tal que o grupo de As Meninas em redor da infanta parece estar do "nosso lado" oposto a Filipe e sua mulher reflectidos no espelho. Não é só o desempenho que os beneficia mas a atenção de Velasquez que se concentra neles, pois o que dá a entender é que está a trabalhar no seu retrato. Apesar de os governantes só aparecerem reflectidos no espelho, o rei e a rainha são o verdadeiro foco da pintura para o qual tudo o resto se encontra dirigido.Como espectadores estamos excluidos da cena, pois no "nosso" lugar está o casal governante. O que à primeira vista parece uma pintura "aberta" acaba por ser completamente hermética, até porque a tela que Velasquez se encontra a pintar…

the choices of the spirit are always the highest choices

If all you desired is what your soul desired, everything would be very simple. If you listened to the part of you which is pure spirit, all your decisions would be easy, and all the outcomes joyous. That is because the choices of the spirit are always the highest choices.

O velho do espelho - Mário Quintana

O velho do espelho

Por acaso, surpreendo-me no espelho: quem é esse
Que me olha e é tão mais velho do que eu?
Porém, seu rosto...é cada vez menos estranho...
Meu Deus, Meu Deus...Parece
Meu velho pai - que já morreu!
Como pude ficarmos assim?
Nosso olhar - duro - interroga:
"O que fizeste de mim?!"
Eu, Pai?! Tu é que me invadiste,
Lentamente, ruga a ruga...Que importa? Eu sou, ainda,
Aquele mesmo menino teimoso de sempre
E os teus planos enfim lá se foram por terra.
Mas sei que vi, um dia - a longa, a inútil guerra!-
Vi sorrir, nesses cansados olhos, um orgulho triste...

Mário Quintana

Oktoberfest at Munich

Imagem
Impression from the Oktoberfest. Seen at the Hacker Tent.
Pode parecer para nós - brasileiros - uma ofensa essa mão colocada nesse lugar indevido. Mas diferentemente de nós, essa colocação, na Alemanha, é possível de ser feita. Isto significa que esse ato  não é um TABU como aqui.
Fonte: http://mesomo.com/cities/munich/photos/pickpocket

Mídia e Liberdade de Impressão

"Há duas semanas resolvemos fazer um site de humor destinado à crítica da cobertura jornalística, o Falha de S.Paulo (www.falhadespaulo.com.br), uma sátira ao jornal “Folha de S.Paulo”. É um site com críticas? Sim, claro. Tão duras quanto as feitas pelo CQC, Casseta & Planeta ou José Simão, por exemplo. Hoje recebemos uma decisão liminar (antecipação de tutela, concedida pela 29ª Vara Cível de SP) que nos obriga a tirar o site do ar, sob pena de multa diária de R$ 1.000. A desculpa utilizada pelo jornal para mover a ação foi o "uso indevido da marca" (tucanaram a censura).
É chocante a hipocrisia da Folha. Se isso não é censura e um atentado inaceitável à liberdade de expressão, juro que não sabemos o que é. Chega a ser cômico: o mesmo jornal que faz dezenas de editoriais acusando o governo de censura e bradando indignado por “liberdade de expressão” comete esse ato violento de censura. Ato este, aliás, bastante covarde: o maior jornal do país movimentou um enorme es…

Uma mesma espécie

Uma descoberta científica muito interessante sobre a espécie humana. 

Por que temos a cor de pele que temos?

O Ponto - Video

.

Illustrations by Esra Røise. Oslo, Norway.

Imagem
.

Monja Coen Sensei

Imagem
Hoje teve uma palestra maravilhosa da Monja Coen Sensei.


Fica a dica do livro: Sempre Zen - Aprender, Ensinar e Ser