Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Alemanha - Minha Luta - Os anos seguintes a FITA BRANCA (ascensão e queda do terceiro Reich)

MEIN KAMPF - MINHA LUTA Um documentário brilhante e imperdível. Cada segundo deste documentário é uma autêntica filmagem alemã, descoberta dos arquivos secretos da guarda de elite nazista e escondida pelo próprio Goebbels por serem muito fortes. MINHA LUTA criou um impacto internacional e foi aclamado como um dos mais incríveis documentos históricos. Criou turbilhões onde quer que tenha sido mostrado e arrancou entusiasmados aplausos e críticas. MINHA LUTA vai fundo na ascensão e queda do terceiro Reich. Durante o filme, sempre surge a pergunta que vem atormentando as mentes e corações de todo o mundo: "Como podem ter deixado isso acontecer?"





“o Holocausto nasceu e foi executado na nossa sociedade moderna e racional, em nosso alto estágio de civilização e no auge do desenvolvimento cultural humano, e por essa razão é um problema dessa sociedade, dessa civilização e cultura” escreveu Zygmunt Bauman.

Veja Café Filosófico sobre Zygmunt Bauman
http://hilarioseara.blogspot.com/2009/0…

A Fita Branca - filme sobre a Alemanha do início do século

Imagem
"Um filme tecnicamente impecável, um exemplo de como as imagens podem nos transportar para um universo totalmente diferente.



No entanto, apesar de todas as qualidades descritas anteriormente, o filme é uma tremenda tragédia. E o que explica esta tragédia é o argumento do filme de Haneke. Ao explicar o nazismo e o holocausto pela via do germanismo, em particular por sua estrutura patriarcal castradora, “A Fita Branca” é um enorme passo atrás na compreensão desses fenômenos", escreveu Bruno Leal. Veja a crítica completa do Bruno: 
http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/critica-do-filme-a-fita-branca


“o Holocausto nasceu e foi executado na nossa sociedade moderna e racional, em nosso alto estágio de civilização e no auge do desenvolvimento cultural humano, e por essa razão é um problema dessa sociedade, dessa civilização e cultura” escreveu Zygmunt Bauman.


Café Filosófico do Zygmunt Bauman
http://hilarioseara.blogspot.com/2009/08/conheca-o-zygmunt-bauman-sociologo.html

500 Days of Summer and The Hitchhiker's Guide to the Galaxy

Imagem
Muitas das melhores coisas da vida são bem simples. Assim são esses filmes. O primeiro tem algo extremamente interessante. Não sei ao certo o que é:
- Se é a forma de contar a história;
- Se é a acordada que o personagem tem para a realização profissional;
- Ou se é por ela, que tem um belo par de olhos azuis, ser um um bom exemplo para os níveis neurológicos e vários clientes e amigos já passaram por uma situação assim. Pois ela tem o comportamento de estar na relação, mas ela não acredita na relação. Não há nada que ele possa fazer. O melhor seria ele se valorizar. Mas cada situação é única, não se pode generalizar.
níveis neurológicos

No idioma original há o trocadilho Summer para o nome dela que significa verão. Época das paixões, das loucuras, de viver na praia, de construir os alicerces das realizações etc. 
Entretanto, a minha estação predileta é o Outono. É uma época  mais centrada, mais espiritual. É o momento de viver as realizações. A brevidade dos ciclos de vida é vista nas plan…

Carnaval 2010 e Bakhtin

Imagem
Os Amigos Super Foliões

Há valores, prazeres ou felicidades que não são negociáveis. Isso vai depender dos Valores e Crenças, como também a ou as Identidades de cada um. Pode ser ecológico negociar ou sacrificar algumas coisas para realizar um objetivo. Alguns exemplos podem ser: não ir a uma festa para estudar para uma prova; parar de comer doces e massas até atingir o peso ideal. Trabalhar por um mês 15 horas por dia para finalizar um projeto. Isto significa que cada um tem os seus limites em relação ao que pode ou não ser inegociável. 


Definir o que se é ou não negociável é um processo interno. Ouvir o outro pode ser interessante para refletir. Mas seguir os passos de uma pessoa leva ao objetivo dela, ao que ela se tornou ou se tornará. 
O próprio caminho é um caminho único e ouvir o próprio coração é essencial. Boas perguntas podem ser: O que eu estou de fato sentindo? O que eu quero? O que há de tão importante nisso? 
Eu tenho um exemplo. Por muito tempo, eu tive cursos Avatar e de P…

CHEGA DE FOLIA: O ANO COMEÇA AGORA por Roberto Shinyashiki

No Brasil, existe uma frase que diz que tudo só começa a funcionar depois do Carnaval. O pior é que muita gente pensa assim. Se você acha que realmente é dessa forma que as coisas funcionam, então você já perdeu dois meses, porque a concorrência já saiu na frente. Este ano eu fiquei impressionado como muita gente saiu a todo vapor logo no começo do ano. E hoje, com certeza, eles já estão bem adiantados nas metas que traçaram. Então, é fundamental você questionar sempre o que as pessoas falam. Não dá para ir acreditando em tudo o que ouve e, pior ainda, agir de acordo com os pensamentos e ideias derrotistas que circulam por aí. Eu fico com o coração apertado por ver pessoas que dão atenção a frases como essa, que deveriam ser proibidas. Elas criam uma postura das pessoas que nada tem a ver com as necessidades do mundo moderno ou com o sucesso delas próprias. Isso tudo tem a ver com atitude. E quando você está em um projeto, profissional ou pessoal, é fundamental ter a atitude correta. .Some…

O Pertencer e as RedesSociais.br

O vídeo abaixo mostra como o PERTECER citado nos posts anteriores se relaciona as redes sociais. Lógico, nem precisaria disso! Mas observe o destaque do Brasil em comparação com as outras culturas. Existe uma ênfase muito grande nas estatísticas, o que deixa a desejar por distorcer os fatos. Por exemplo, em 2008 praticamente não existia o twitter e por isso ele cresceu 1384% em um ano. 


Pedalando com Fernando Pessoa

O Tejo from Abilio Vieira on Vimeo.


O Marcelo TAS postou o vídeo: Passeio de bicicleta pela margem norte do Tejo, nos arredores de Lisboa, Portugal. Ele escreveu no blog dele: "E se a gente deixasse de copiar os portugueses no que eles tem de pior- burocracia, catolicismo conservador, complexo de inferioridade...- e fizesse uma ciclovia com esse capricho. Alô Kassab, Eduardo Paes & prefeitinhos do Brasil, deixem de blablablá e pedalem!" 


O Guardador de Rebanhos Alberto Caieiro (heterônimo do poeta Fernando Pessoa)
Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.
O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem.
E por isso porque perten…

Realização da Missão Pessoal e o Amor (livro e filme)

Imagem
Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa. Pode duas coisas completamente diferentes serem iguais? Seriam pratos de lados opostos de uma balança, mas que contém uma mesma essência? Por paradoxal que pareça, um exemplo pode ser descrito. São dois livros e estes de tão bons se tornaram filmes.
O primeiro é a perspectiva de um Médico e o outro de um colunista de um jornal. Ambos possuem 3 filhos e são casados. Mas os nomes deles não aparecem nem no título do livro e nem no título do filme. Eles fornecem apenas suporte para os personagens principais.
Um dos nomes citados é muito famoso e considerado um gênio. O outro é desconhecido e considerado um retardado. O gênio prima pela clareza das idéias, um comprometimento com a realização da missão pessoal, o modo de perceber e se interagir com a vida. 
O retardado prima como elemento companheiro, amoroso, leal, um exemplo de compartilhar cuidado e atenção, com o que ele tinha uma pequena dificuldade. Ele compartilha com a familia a vida, …

KILIAN GLASNER - PE - Desenho

Imagem
"Ainda tem gente desenhando e pitando sem caô conceitual" Bruno Vilela .

Kit para constelar

Imagem
.

Como "Viver a Vida" - Avalanche de informações e suas consequências

Imagem
Nietzsche escreveu:
Digo lhes: é preciso ter caos dentro de si mesmos a fim de dar luz a uma estrela dançante. Digo lhes: vocês ainda tem caos dentro de vocês.


Eu me pergunto o que eu gostaria de ser, ter ou fazer com os restos dos meus dias de vida. Eles podem ser muitos ou bem pouco. Mesmo quando se pensa em quantidade, não se mensura em qualidade. Mil anos mal vividos, não vale um piscar de um olho que pode ser uma experiência de 9 dias. Por sinal, esse não é um número exato. É apenas o número de dias das minhas últimas férias na Chapada Diamantina e o mesmo número de dias de alguns cursos para o desenvolvimento humano.  Podem ser tantos os dias entre essas experiências que fazem a vida valer a pena. A rotina parece o movimento de um parafuso. Gira no mesmo lugar e cada vez, mais apertado. Como preencher o vazio da existência? Seria esse o motivo pelo qual uma pessoa consome tanta informação (TV, filmes, musica, rádio, internet, games, jornais, revistas e telefone)? 
A vida pode ser mu…