quinta-feira, 25 de abril de 2013

O que é Coaching? Benefícios Vantagens e Funcionamento

O que é Coaching?


O Coaching é um processo de transformação e aperfeiçoamento pessoal que possibilita a um indivíduo, ou a uma equipe, o desenvolvimento das mais variadas capacidades para que este possa alcançar rapidamente seus objetivos, sejam pessoais ou profissionais, em um curto espaço de tempo.

O Coaching investiga a estrutura do estado atual, e define com clareza o estado desejado. A partir daí traça metas e desenvolve caminhos para que estas sejam atingidas o mais rapidamente possível.

Muitas pessoas têm dúvidas em relação àquilo que é possível trabalhar através do Coaching, por isso é importante esclarecer que esta metodologia não impõe nenhuma espécie de limitação em relação às metas e aos objetivos que o indivíduo deseja alcançar, que podem abranger as mais diversas áreas da vida pessoal ou profissional como, por exemplo, o relacionamento interpessoal, o desenvolvimento de uma capacidade específica (liderar, vender, falar em público, etc) o trabalho em equipe, a superação de um medo, fobia ou limitação ou qualquer outra questão.

"Coaching é uma relação de parceria que liberta o potencial das pessoas de forma a maximizar o desempenho delas. É ajudá-las a aprender ao invés de ensinar algo a elas..." Timothy Gallwey

“E se meu objetivo for ganhar mais dinheiro, ser mais autoconfiante, ou ainda conseguir uma promoção em meu trabalho, o Coaching pode me ajudar?” A resposta é SIM. Qualquer que seja o objetivo a ser alcançado, ainda que este pareça algo distante e quase impossível, ele poderá ter avanços surpreendentes através do processo de Coaching.

No entanto, pelo fato dos objetivos das pessoas serem muito diferentes, e dizerem respeito a diferentes áreas da vida, atualmente o Coaching divide-se em diversos campos de atuação, como por exemplo: Coaching Pessoal, Coaching de Vida, Coaching de Negócios, Coaching Profissional e Coaching Executivo.

Benefícios do Coaching:
O Coaching tem como principal objetivo desenvolver pessoas, levando-as rapidamente a resultados altamente positivos. Além do alcance de metas, o Coaching pode proporcionar de acordo com as necessidades de cada indivíduo uma série de benefícios, como:

- Aumenta e estimula o autoconhecimento
- Desenvolve competências e potencializa o crescimento pessoal e profissional
- Identificação e eliminação de bloqueios
- Aumento da autoestima e da autoconfiança
- Expansão do potencial criativo
- Estímulo intelectual
- Diminuição dos níveis de estresse
- Maior clareza para definir metas e traçar objetivos
- Maior discernimento e capacidade para tomada de decisões
- Melhoria significativa nos relacionamentos interpessoais
- Aumento na capacidade de gerenciar conflitos
- Desenvolvimento da inteligência emocional
- Melhora na comunicação e na capacidade de influenciar pessoas
- Redução de resistência à mudanças
- Satisfação pessoal e aumento no nível de determinação e vitalidade
- Melhor equilíbrio entre a vida pessoal e a vida profissional
- Melhoria na qualidade de vida

Por que fazer Coaching agora?

O Coaching proporciona mudanças rápidas, objetivas e que podem ser aplicadas em sua vida imediatamente. Se você quer mudar e colher agora os benefícios destas mudanças o Coaching é para você.
Qual a competência ou habilidade que você precisa desenvolver AGORA para mudar a sua vida? Ao invés de simplesmente tolerar e tentar contornar seus pontos fracos, e adiar para sempre as mudanças que realmente farão uma grande diferença, inicie o seu processo de Coaching.

Vantagens do Coaching:

Coaching é equivalente a resultado. A maior vantagem do processo de Coaching é a agilidade com que ele ocorre e a rapidez dos resultados. Portanto, o Coaching normalmente tem um ótimo custo benefício, já que as mudanças acontecem em tempo recorde. Além disso, outra vantagem do Coaching é que ele não cria dependência entre o profissional e o cliente. É um processo com início, meio e fim, e que no entanto, não se restringe a levar o cliente a atingir objetivos específicos. Vai além: proporciona a ele mecanismos que lhe permitem novas descobertas sobre si mesmo, num processo que leva ao autodesenvolvimento e crescimento contínuo, tornado o cliente autossuficiente e com maior controle de sua vida.

Como funciona o processo de Coaching?

O processo de coaching é claramente definido entre o coach e o cliente a partir de metas e objetivos previamente estabelecidos. Como vimos é um processo com início, meio e fim, em que o coach dá suporte ao cliente para que este possa atingir suas metas, auxiliando-o a desenvolver suas competências, a explorar melhor seus talentos e a superar seus pontos fracos. O processo de Coaching se sustenta em uma relação de confiança entre o coach (profissional) e o coachee (cliente). Dessa forma, e com muita estrutura técnica é possível assessorar o cliente na construção do caminho para a sua plena realização pessoal e/ou profissional.

O coaching pode ser desenvolvido individualmente ou em equipe, em sessões semanais, quinzenais ou mensais. O processo se dá em cinco etapas:

1 – Levantamento da Situação Atual
É uma análise da situação atual e do histórico do cliente para se detectar seus pontos fortes e suas fragilidades; detectar as habilidades, talentos e competências que devem ser desenvolvidas e/ou aperfeiçoadas; trazer a tona seus valores pessoais e profissionais.

2 – Objetivos
Após a análise inicial, definem-se de maneira específica e contextualizada os objetivos a serem alcançados. Também nesta etapa é estabelecido o prazo para que os objetivos propostos sejam atingidos assim como quais serão os indicadores de desempenho do processo.

3 – Plano de Ação
A fase seguinte consiste em elaborar estratégias e planos de ação para que os objetivos estabelecidos sejam alcançados. O plano de ação deverá contemplar as etapas detalhadas do processo, os marcos de acompanhamento, a data final e as estratégias de ação que deverão se tornar ações do coachee (cliente) propriamente ditas.

4 – Intervenções Técnicas
Neste momento o coach pode fazer interverções lançando mão de técnicas avançadas que atuam produzindo mudanças comportamentais, emocionais e de desenvolvimento acelerado de competências. O objetivo é remover barreiras, superar impedimentos, transpor paradigmas, gerar novas posibilidades e assim produzir resultados rápidos e efetivos.

5 – Avaliação
A última etapa consiste em avaliar o desenvolvimento do processo, com ênfase no feedback a fim de traçar planos para o futuro.

Diferenças entre Coaching e demais metodologias

Embora o coaching utilize algumas técnicas, ferramentas ou teorias da psicologia, seu processo diferencia-se fundamentalmente da terapia. Uma das mais importantes diferenças está no fato de que a terapia tem como objetivo melhorar disfunções avaliando questões do passado, enquanto o coaching tem como foco o alcance de objetivos futuros.

O coaching, no entanto, não é consultoria. Enquanto grande parte dos consultores é especializada em áreas específicas e recomendam ações específicas ao cliente, o coach extrai do cliente as soluções e estratégias para alcançar o que ele deseja, atua de forma a levar o cliente a refletir, agir e se motivar continuamente por si próprio.

Quanto ao mentoring, a principal diferença é que este está ligado ao fornecimento de informações, de alguém mais experiente, sobre assuntos específicos. No processo de mentoring, um “mentor” irá dissipar dúvidas, ensinar, mostrar quais os melhores caminhos a seguir, etc. Já o coaching permite que o cliente adquira a independência do seu processo de autodesenvolvimento e passe a ser dono de suas escolhas.

Origem do Coaching

A palavra “Coach” é inglesa e significa originariamente carruagem. Conta-se que sua origem deu-se no século XV, na cidade de Kocs na Hungria, cidade que era rota de viajantes da Europa e onde foi produzida as primeiras carruagens com suspensão feitas de molas, também chamadas de coaches. Em Kocs eram produzidas as melhores carruagens, conhecidas e cobiçadas pelo seu conforto ao transportar seus viajantes do local de partida ao seu destino.

Esta é uma analogia perfeita para descrever o processo de Coaching, que tem como principal função levar alguém de um lugar onde ele está até onde ele quer chegar.

Mais tarde, o termo Coach foi utilizado nas universidades inglesas atribuídos a professores, mestres ou tutores que tinham o papel de ajudar os alunos a se preparar para os exames.

Nas primeiras décadas do século XX as universidades americanas começaram a chamar de coach (treinador) os instrutores de seus atletas, especialmente os dos esportes coletivos.

Por isso a palavra também tem relação com o termo “técnico esportivo” em inglês, no mesmo sentido quando nos referimos aos técnicos de times de futebol ou de uma equipe de vôlei ou basquete, ou seja, o “Coach” é o profissional que vai dar suporte para que o indivíduo desenvolva todo seu potencial e atinja seus objetivos em qualquer área da vida, sempre levando em consideração que o objetivo do Coaching é fazer isto de maneira consistente e no mais curto período de tempo possível.

A origem do Coaching, nos moldes como trabalhos hoje, se deu no meio esportivo com Timothy Gallwey da Universidade de Harvard (EUA) em seu livro “The inner game of tennis” (O jogo interior do tênis). Timothy é o primeiro a abordar o coaching como um processo que leva em consideração não só aspectos técnicos, mas principalmente bloqueios internos dos atletas. A premissa básica do livro é que quando você aprende a lidar com o seu oponente interno, vencer o adversário que está no outro lado da quadra fica mais fácil.

Fonte: www.apicemetaforum.org

Nenhum comentário:

Contador de Leitura das Páginas - Counter All Hits (desde 31/06/2006)

Contador de Visitantes (de_18/08/2009_até_hoje)

Localização dos Visitantes (de_28/04/2010_até hoje)

Localização dos Visitantes do Antigo Blog (de 21 Agosto 2009 até hoje)